• ELA

Grandes Mulheres, Grandes Histórias


Por: Zilda Sousa


Por tanto tempo, muitas mulheres se sentiram reprimidas e até hoje se sentem assim, mas mesmo nestas condições deixaram sua marca na história.

A seguir, conheça algumas mulheres que nos marcaram por suas histórias e contribuições importantes para a educação, a sociedade, a cultura, para a ciência e a humanidade.


Tão jovem e muito determinada!

Malala Yousafzai - Nascimento: 12 de julho de 1997, Mingora, Paquistão

Eu sou Malala - A história da garota que defendeu o direito à educação e foi baleada pelo Talibã

Livro: por Christina Lamb e Malala Yousafzai


Acredito que já tenha ouvido falar da Malala, a garota paquistanesa que é também a pessoa mais jovem a ser contemplada com um Prêmio Nobel. Por sua luta pelos direitos das mulheres à educação e pelo símbolo de força e resistência que se tornou, devido à sua experiência pessoal (ela levou um tiro na cabeça quando tinha apenas 14 anos).

Malala relatou sobre o dia de seu nascimento: “No dia em que nasci, as pessoas da nossa aldeia tiveram pena da minha mãe, e ninguém deu parabéns a meu pai. Vim ao mundo durante a madrugada, quando a última estrela se apaga. Nós, pashtuns, consideramos esse um sinal auspicioso. Meu pai não tinha dinheiro para o hospital ou para uma parteira; então uma vizinha ajudou minha mãe. O primeiro bebê dos meus pais foi natimorto, mas eu vim ao mundo chorando e dando pontapés. Nasci menina num lugar onde rifles são disparados em comemoração a um filho, ao passo que as filhas são escondidas atrás de cortinas, sendo seu papel na vida apenas fazer comida e procriar.”

Uma grande líder

Angela Merkel - Nascimento: 17 de julho de 1954, Hamburgo, Alemanha



Angela Dorothea Merkel, estudou no Instituto Central de Físico-Química da Academia de Ciências em Berlim-Adlershof de 1978 a 1990, depois de ser laureada com um doutorado por sua tese sobre química quântica, trabalhou como pesquisadora e publicou vários trabalhos científicos, mas foi na política que se destacou mundialmente, sua marca é de uma grande líder. Ela já foi descrita como a líder de fato da União Europeia, a mulher mais poderosa do mundo.

Desempenhou um papel crucial na gestão da crise financeira a nível europeu e internacional. Soube administrar a política interna, a reforma no serviço de saúde, os problemas relativos ao desenvolvimento energético futuro e, mais recentemente, a abordagem de seu governo diante da atual crise migratória, foram questões importantes durante a sua chancelaria.

Governou sem designar nenhum de seus parentes para um cargo governamental.

Nada foi registrado contra ela, nenhuma transgressão durante esses dezoito anos de liderança em seu país.


"Merkel é uma mulher sem medo de liderar", diz George W. Bush


Muito além da elegância!

Michelle Obama - Nascimento: 17 de janeiro de 1964, Chicago, Illinois, EUA

Minha história

Livro: por Michelle Obama


Michelle LaVaughn Robinson Obama, formada em Direito, obteve seu Juris Doctor (J.D.), grau da Harvard Law School, em 1988.

Como Primeira-dama, visitou abrigos de desalojados, enviou representantes para escolas e defendeu o serviço público,em sua primeira viagem ao exterior, em abril de 2009, ela excursionou em uma ala de hospital de câncer e advogou sobre o interesse de famílias militares, o seu apoio às famílias de militares eram notáveis.

Apoiou o movimento orgânico, plantou um jardim orgânico e instalou colmeias de abelhas no Gramado Sul da Casa Branca, o qual forneceu produção orgânica e mel para a família do presidente e para jantares com líderes de Estado e outros encontros oficiais.

Michelle Obama tornou-se uma defensora das prioridades políticas de seu marido.

Segundo a promulgação da Lei de Igualdade de Pagamento, Michelle Obama promoveu uma recepção da Casa Branca para a defesa do direito das mulheres.

Ela soube representar muito bem os princípios familiares de primeira dama.


Médica apaixonada pela educação!

Maria Montessori - Nascimento: 31 de agosto de 1870, Chiaravalle, Itália; Falecimento: 6 de maio de 1952, Noordwijk, Países Baixos

A Descoberta da Criança – 1 janeiro 2017

Livro: por Maria Montessori



Maria Tecla Artemisia Montessori, desde suas aulas de pedagogia do curso normal, antigo curso de formação de professor(a) primário(a), ela foi uma figura inesquecível, a primeira italiana a se diplomar em medicina (Universidade de Roma, 1896), correndo na raia da transgressão do status quo: por ser mulher, precisou obter autorização do papa Leão XII para cursar medicina, profissão que o diretor da faculdade e a família dela não queriam que adotasse; feminista, participou de congressos feministas em Berlim e em Londres; e foi mãe solteira, do seu único filho, Mario Montessori, em 1900!

No ano seguinte à sua formação em medicina, seguindo seus instintos, decidiu estudar as crianças deficientes e sinalizou para o fato de que, mais do que clínico, o problema de tais crianças era pedagógico. Em 1898, expôs suas ideias sobre este fato no congresso pedagógico de Turim.

As ideias de Montessori foram adotadas nas escolas primárias da Itália, mas, em 1931, Mussolini fechou as escolas montessorianas, por recusa de apoio ao regime fascista. Montessori exilou-se na Espanha, ali iniciando uma peregrinação pedagógica pelo mundo até a sua morte, em 1952. A pedagogia montessoriana é tão inovadora que, na segunda década do século XXI, explodiu a moda dos quartos montessorianos para bebês, que tornam o berço obsoleto e dispensável!

A precursora do feminismo!

Nísia Floresta Augusta - Nascimento: 12 de outubro de 1810, Rio Grande do Norte; Falecimento: 24 de abril de 1885, Rouen, França

Ensaios

Livro: por Nísia Floresta


Nísia Floresta Brasileira Augusta, foi a primeira brasileira a lutar pela emancipação feminina. É considerada precursora do feminismo no país, sendo também reconhecida por seu empenho em alfabetizar meninas e mulheres. Nísia Floresta também foi uma das primeiras mulheres a publicar artigos em jornais brasileiros, além de ter sido a tradutora do manifesto feminista de Mary Wollstonecraft, “Direitos das Mulheres e Injustiças dos Homens”.

Em meados de 1838, o pioneirismo feminista de Nísia extrapolou as barreiras literárias e se expandiu para um contexto sociocultural. Isso porque, naquele ano, ela fundou o Colégio Augusto, um dos primeiros do país exclusivos para meninas.

Primeira programadora da história!

Ada Lovelace - Nascimento: 10 de dezembro de 1815, Londres, Reino Unido; Falecimento: 27 de novembro de 1852, Marylebone, Londres, Reino Unido.

Augusta Ada Byron King, atualmente conhecida como Ada Lovelace, foi uma matemática e escritora inglesa. Hoje é reconhecida principalmente por ter escrito o primeiro algoritmo para ser processado por uma máquina, a máquina analítica de Charles Babbage.

Seu envolvimento com tecnologia e programação começou quando tinha apenas 17 anos, quando conheceu a senhora Mary Somerville, tradutora das obras do matemático e físico francês, Pierre-Simon Laplace. Somerville tinha contatos com grandes inventores e cientistas da época e estimulou Ada a estudar matemática e tecnologia. Com o tempo se tornaram amigas.


Ada, conheceu Charles Babbage em um jantar, tempos depois, ela traduziu um artigo de um pesquisador italiano, Menabrea. O artigo era um resumo do funcionamento da máquina analítica de Babbage.

Ao mostrar a tradução para Babbage, ele sugere que Ada adicione suas notas pessoais, o que resultou em um artigo três vezes maior do que o original. Nos comentários, Ada sugere que a máquina poderia ser usada para produzir músicas complexas, gráficos precisos e ser utilizada tanto para desenvolvimento prático como científico.

Ela sugeriu a Babbage um plano de como a máquina poderia calcular os números de Bernoulli, sequência matemática de números racionais profundamente relacionada com a teoria dos números. Este plano é considerado o primeiro programa de computador do mundo. Em 1979, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos desenvolveu uma linguagem de programação, e em homenagem à autora do primeiro programa que foi rodado em uma máquina, chamou a linguagem de Ada.

Durante o período em que esteve envolvida com o projeto de Babbage, ela desenvolveu os algoritmos que permitiriam à máquina computar os valores de funções matemáticas, além de publicar uma coleção de notas sobre a máquina analítica.

Ada é responsável por grande parte do desenvolvimento científico e tecnológico do que conhecemos por computação moderna. A condessa carrega o título de mãe da programação.




Fontes de pesquisa:


https://www.dw.com/pt-br/merkel-%C3%A9-uma-mulher-sem-medo-de-liderar-diz-george-w-bush/a-58255496

Made for minds -

Data: 14.07.2021

Autoria Ines Pohl


https://www.geledes.org.br/maria-montessori-medica-italiana-fascinada-pela-educacao/?gclid=Cj0KCQjwraqHBhDsARIsAKuGZeHANd0Q5V2ZGqvC_a4PEhQgpvPOLY-QshDy4bnHtDfzgY5ozIco1_IaAszfEALw_wcB

Maria Montessori: médica italiana fascinada pela educação

Data: 06.11.20212 - Portal geledés

https://www.infoescola.com/biografias/maria-montessori/

Maria Montessori

Por Thais Pacievitch

https://aventurasnahistoria.uol.com.br/noticias/reportagem/nisia-floresta-primeira-autora-e-educadora-feminista-do-brasil.phtml

NÍSIA FLORESTA, A PRIMEIRA AUTORA E EDUCADORA FEMINISTA DO BRASIL

https://www.megacurioso.com.br/historia-e-geografia/75585-21-mulheres-incriveis-que-mudaram-o-mundo-para-melhor.htm

21 mulheres incríveis que mudaram o mundo para melhor

por: Pamela Malva, publicado em 10.01.2021



https://thehack.com.br/conheca-ada-lovelace-matematica-do-seculo-xix-autora-do-primeiro-programa-de-computador/

Conheça Ada Lovelace: matemática do século XIX autora do primeiro programa de computador

Guilherme Petry




Quer ficar por dentro de tudo que acontece no Instituto ELA e ficar sempre atualizada com os posts em nosso blog? Clique aqui e faça sua assinatura!



20 visualizações0 comentário